29 de jul de 2010

Amor e Paixão

A paixão mata,
O amor dá a vida,
A paixão arde em ciúmes,
O amor confia,
A paixão se apropria do outro, o amor liberta.
A paixão começa gigante, mas logo desvanece.
O amor começa pequeno, e para sempre permanece,
A paixão se entrega sem reservas, sempre querendo se resguardar,
o amor se reserva, para sempre poder se entregar.

(Luiz C.L Gondim)

4 comentários:

JB disse...

Gostei de conhecer o seu espaço. Bonita forma de escrever, de "brincar" com as palavras (como eu tembém gosto) vestindo-as com emoção e sentimento, recebido na alma de quem as despe.
Muito bonito!

Bj

Daniel Costa disse...

Josy

Certo, realmente, um pequeno poema de Luis C.L. Gondim, e a grandeza duma definição entre o amor e a paixão. Para ter em conta.
Beijos

Beeta disse...

Marcinha me desculpe a demora, mas eu estava viajando e era muito difícil para eu ficar postando nos blogs...
como sempre seu blog é especial, ele possui uma simpatia, delicadeza...
gosto sempre de passar por aqui..
beijos

Expedito(profex) disse...

Mas quando os dois estão juntinhos...ah, como é bom!!!

Postar um comentário